Muitos jovens nos dias de hoje já não querem mais ser médicos, advogados, engenheiros ou jornalistas. Eles querem ter o seu próprio negócio, desenvolverem as suas ideias, empregarem outras pessoas e fazerem algo diferente para a sociedade. Ou seja, eles querem empreender. Este desejo é comprovado pelos dados da pesquisa Juventude Conectada, realizada neste ano pelo IBOPE e USP a pedido da Fundação Telefônica Vivo e que aponta que 71% dos jovens gostariam de empreender e 40% deles querem fazer isso já nos próximos cinco anos. Porém a maioria deles não têm a menor ideia de como começar, já que não existe um vestibular para empreender e a quase todas as instituições acadêmicas não estão preparadas para instruir estes jovens. Mas as escolas podem sim contribuir para criar os novos empreendedores, disseminando a educação empreendedora, facilitando o acesso a conteúdos de empreendedorismo e auxiliando o jovem a encontrar o caminho para a sua vocação empreendedora. Ao contrário do que muita gente pensa, empreendedorismo se aprende na escola, e quando o jovem iniciar o processo de ter o seu próprio negócio este conhecimento adquirido será de fundamental importância para o sucesso da sua empreitada, o que empresta à educação empreendedora também uma função social. Para auxiliar neste processo é que o Laboratorium criou a Trilha de Referência para o Empreendedor – TREM . A Trilha de Referência para o Empreendedor – TREM é uma metodologia criada a partir da síntese das melhores práticas para preparação e implantação de um negócio com maior possibilidade de sucesso, disseminando uma opção de caminho para inspirar quem quer iniciar um negócio inovador e contribuindo para o fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo inovador no Brasil. E um dos principais focos do Laboratorium para 2015 é criar parcerias com escolas de Ensino Médio de todo Brasil, trabalhando em conjunto com seus professores durante todo o ano letivo para a implementação da metodologia do TREM com os alunos, trabalhando com eles desde o despertar do espírito empreendedor até a validação do modelo de negócio, do produto e do cliente, preparando-os para a vida de empreendedor.
Feed não encontrado